quarta-feira, 24 de outubro de 2012


Hoje eu acordei a fim de te escrever uma carta de amantes.
Uma vontade louca de beijar tua boca acordou junto comigo e passou o dia tentando me convencer a ir te encontrar.
Sei lá onde.
Num campo vermelho que existe atrás da sua casa.
No bar, onde o barman me embriaga e me faz contar historias.
Ou , sei lá, em qualquer lugar, no táxi, no ônibus, na padaria na puta que o pariu..a vontade de te beijar quer mais é te encontrar.
Essa vontade é louca mesmo. Ela me assola sem pedir licença, sem dizer o porquê, apenas se chega, instala no peito a vontade louca e enquanto eu não mordo a sua boca ela não vai embora.
Hoje acordei assim....sem nem o menos saber de mim.
Acordei você.
Hoje, meu amor, fui você o dia inteiro.
E que porra, cadê você? Cadê a sua boca?
Que não chega logo pra beijar minha.....

Luiz wood

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir